“Vai primeiro”

Numa rara manifestação de unidade de opinião entre os dados, todos com quem falei estavam de acordo com isto, embora algumas mulheres estivessem hesitantes.

P>Pedimos: Deveriam ser as mulheres a convidar os homens para sair num encontro?

“Essa é uma qualidade atractiva: Uma mulher que vai pedir algo que quer, e não apenas espera. Não me importo com a dinâmica clássica do homem e da mulher em torno de certas coisas. Há uma nostalgia nisso. Mas se uma mulher me convida para sair, eu sou como se isso fosse fantástico. Estou a ter um encontro”. Sam, 34

“Cem por cento, sim, fá-lo! Se acaso sugerir que gostaria de passar um pouco mais de tempo com eles, não há nada de emasculante nisso. Isso abre-os e eles vêm ter consigo”. Tanya, 30

“Eu sou a favor disso. Um homem pode dizer sim ou não. Se é só isso que é preciso para emascular um homem, então a sua virilidade não está intacta. Uma mulher que se aproxima de si e já o escolhe – isso é o auge de qualquer relação de acasalamento para um homem, por isso não acho que seja nada castrador. Um rapaz ainda pode dizer: ‘Parece bom, mas vou buscar-te, vou escolher o lugar’, etc. Eu acredito no equilíbrio. É claro que um homem gosta da perseguição, só não acho que deva inibir alguém. O quê, é suposto ficar calado e reservado na esperança de alguém sentir magicamente que você está dentro deles do outro lado do bar?”. Hardeep, 28

“Acho que não há nada de errado com isso. Isso agora é bastante normal. Algumas mulheres são um pouco mais agressivas e, a certa altura das suas vidas, sabem realmente o que querem. E nas grandes cidades onde é mais competitivo para ambos os sexos, então porque não? Porque é que as mulheres têm de esperar que os homens as convidem para sair? Se talvez ela esteja um pouco mais interessada nele e precise de se esforçar um pouco mais do que as outras mulheres, então penso que tem de o fazer”. Nick, 31

“Tive esta conversa com uma amiga e ela disse: ‘Li neste livro e ele diz que nunca se deve convidar um homem para sair’. E eu disse: ‘O quê!’. Se gosto de alguém e penso que tenho uma oportunidade com a pessoa ou não me importaria no final o que acontece, eu perguntaria. Talvez não tenhas tantas ocasiões de conhecer a pessoa. Porque não haveria de perguntar? Pelo menos, você sabe. Se um homem se sente emasculado, há outros problemas psicológicos. Se é uma pessoa confiante, nunca tem esse problema como mulher ou como homem. Sabe o que tem aí em baixo?”. Diana, 27

“É bom quando eles o fazem. A única vez que as raparigas me convidam para sair num encontro, hoje em dia, é nas aplicações. “Não sou pessoa para conversas de chacha. Queres ir beber um copo? Ou teremos algo em comum e ela diz: ‘Isso é fantástico’. Deveríamos ir a esse lugar na próxima semana. Quais são os seus planos?’. Então, isso foi convidar-me para um encontro? Para mim, é mútuo”. Simon, 31

“Absolutamente. Já o fiz com as minhas ex-relações, é por isso que são ex-relações. Estou a brincar, mas fui eu que os convidei para sair primeiro. Vou ser honesto convosco: Pessoalmente, preferia que um homem me convidasse, mas não tenho 100% de problemas em convidar um homem”. Marie, 33

Lê todas as 11 novas regras para encontros…